7 ações para reduzir os impactos da pandemia.



Vivemos períodos de altas e baixas em diversos setores e também nos efeitos diretos da pandemia. Desde o início da pandemia, podemos perceber que quem estiver preparado e atento, conseguirá minimizar os impactos e até menos crescer em meio a tanto caos e incertezas.


Poucos segmentos da economia não estão sofrendo com a crise do COVID-19. Alguns impossibilitados de abrir seu estabelecimento, vendo suas vendas despencarem (ou até zerarem) e outros sem insumos para produzir ou até mesmo sem poder contar com sua equipe de colaboradores.


Entendendo a importância deste momento para o futuro das nossas empresas, preparamos uma lista com 7 ações que podem reduzir os impactos


Preservar o caixa da empresa

Neste momento de incertezas, sem ter conhecimento de quando as vendas vão retornar aos patamares pré-crise e com uma estrutura de custos superior às receitas, temos que cuidar muito bem do caixa, usando-o somente quando for realmente necessário. Procure levantar também os valores que sua empresa tem a receber (cartões, duplicatas, contratos, dentre outros) para melhor se programar, considerando também uma possível inadimplência dos seus clientes.


Seja um negociador

Quando as coisas apertam, precisamos chamar nossos parceiros, explicar nossa situação e renegociar nossos compromissos, sempre que possível. Verifique quem são os principais fornecedores do seu negócio, faça contato demonstrando suas reais dificuldades e proponha postergar todas ou algumas das suas obrigações. Mas procure fazer isso antes destas obrigações vencerem, dando maior credibilidade à negociação e mostrando um maior planejamento para essa crise, aumentando as chances de êxito na negociação.


Buscar reduzir custos fixos e variáveis

Toda empresa tem como uma das suas principais metas a redução de seus custos e despesas que, neste momento. Tudo que é reduzido ou eliminado gera imediatamente um lucro adicional, uma sobra de caixa e/ou a possibilidade de realizar novos investimentos na empresa. A redução dos custos fixos ou variáveis é uma questão de vida ou morte do seu negócio, principalmente diante a essa pandemia que vivemos.


Buscar crédito barato

Nos últimos anos, a oferta de crédito para os micros e pequenos empresários vem crescendo bastante com a abertura deste mercado, promovida pelo Banco Central. Hoje, temos disponíveis alternativas como fintechs, micro crédito, fundos, dentre outros. Para se cotar crédito não precisamos mais nos deslocarmos às agências bancárias, levando toda aquela papelada e conseguimos fazer sem sair de casa.


Habilitar outros canais de vendas

Se não há a possibilidade de se vender presencialmente, como é o caso de algumas lojas e comércios em geral, há de se buscar outras formas de se chegar ao cliente para faturar. Busque se aprofundar em canais de vendas que eram pouco ou nada explorados, como por exemplo e-commerce e delivery. Pense também na possibilidade de ir até o seu cliente fisicamente (sempre tomando todas as precauções necessárias) e de maneira remota, se comunicando com ele pelas redes sociais.


Capacitação sempre

Caso realmente haja uma redução da sua carga de trabalho como empreendedor, criando um tempo disponível que antes não existia, aproveite bem esse momento. Procure se aperfeiçoar sobre seu segmento fazendo cursos na área, pesquise sobre mercados que você ainda não atende e sobre os seus concorrentes. Busque informações que possam ser úteis ao seu negócio de maneira geral.


Procure especialistas

Uma coisa é certa. É impossível saber de tudo e ter tempo para se fazer tudo que é necessário para que nossa empresa trilhe o caminho do sucesso, como todos almejam. Precisamos contar com a ajuda e o trabalho de parceiros que fortalecem o nosso negócio, nos trazendo mais competitividade e segurança.


Para isso, conte com a equipe de especialistas financeiros da Par3 Gestão Integrada. Temos todas as ferramentas para ajudar seu negócio a crescer e potencializar resultados neste momento de crise. Entre em contato conosco.

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Arquivo